segunda-feira, 7 de maio de 2012

Várias formas de amar




Seu olhar singelo que sempre me protegeu
Seu sorriso lindo que nunca se desfez para mim
Seu abraço apertado que sempre me esquentou nas noites frias
Sua tristeza que sempre me mostrou que eu estava errada.
Sua beleza inconfundível que sempre admirei.

Aqueles seus códigos secretos que de alguma forma sempre entendi
A tua forma dócil, mas que muitas vezes se transformava em fúria.
Simplesmente não sei explicar (ou é impossível)...
Amor mais sereno e eterno no mundo não há.

Mães, várias formas singelas e complexas de amar.






2 comentários:

Marthin Thiago [Adm] disse...

Lindo texto, bela homenagem para Mães!

Web:. Infostartnet

Kewlly Major disse...

É lindo
Adorei...

Postar um comentário