quinta-feira, 15 de março de 2012




Quando a gente é criança 
A gente acha que tudo na vida
Vai ser por "ordem de idade" 
Os namorados, os amores, os casamentos.

Mas assinamos o contrato sem ler
E nesse contrato estava escrito
Que nada tem uma ordem aleatoria
Afinal a vida é um contrato sem 
Clausulas e que não existem regras. 

E na vida é assim: 
Você pode viver lamentando e apanhando
Ou simplismente levantar-se a cada tombo 
Com um lindo sorriso no rosto
E aprender a beter

Viver simplismente é um contrato de risco
Que no final, o que realmente vale é viver.

2 comentários:

Tiago Alves disse...

A vida tem suas regras temos que aprender a respeitar.

E quando apanhar, não levante pra bater, levante pra mostrar que bater não leva a nada.

Filipe Dias disse...

Legal.

V vida é cum contrato que nós memso vvevemos esquecendo de cumprir as clausulas.

quebremos nossas regras

Postar um comentário