quarta-feira, 6 de julho de 2011

Vergonha




Cade a justiça? Cade os políticos?
Hoje vi uma reportagem que muito me indiginou. A polícia que
deveria ter a obrigação de proteger e passar segurança para
uma sociedade, agride verbalmente e se pudessem fisicamente.
E tudo isso para desabrigar pessoas. É isso mesmo uma ordem de
despejo por um filho de uma puta que deixa seu terreno abandonado
e reclama quando pessoas que ao invez de estarem roubando mesmo
estando sem teto e vivendo PRECARIAMENTE, como bixos.
E as "autoridades" (de merda por sinal) ainda tratam uma peste dessas
como se fossem reis, e não se interessam com o que as pessoas na
sociedade de condições financeiras inferiores putamente mal.
E na hora de pedir os votos?
Aí sim nos tormanos todos iguais.
Apenas lembrando, quem paga o salário deles mesmo? A sociedade
da qual eles tanto despresão.
Nossas mentes estão ficando atrofiadas com tanto comodismo até
para corres atras dos nossos DIREITOS, e muitas vezes lembramos
somente dos deveres.
Afinal a culpa de existir miséria, criminalidade entre outros problemas
é parcialmente nossa, por colocarmos uns FILHOS DE UMA PUTA para
simplesmente aumentarem seu "humilde" salário e ainda nos roubar.
Ainda sim sustendo que deveriamos acabar com o nosso comodismo!
Apenas analise essa imagem e pense se isso é vida.


Um direito humano fundamental desde 1948

A moradia adequada foi reconhecida como direito humano em 1948, com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, tornando-se um direito humano universal, aceito e aplicável em todas as partes do mundo como um dos direitos fundamentais para a vida das pessoas.

CARLOS CAZALIS
Vários tratados internacionais após essa data reafirmaram que os Estados têm a obrigação de promover e proteger este direito. Hoje, já são mais de 12 textos diferentes da ONU que reconhecem o direito à moradia. Apesar disso, a implementação deste direito ainda é um grande desafio


1 comentários:

Joyce Gouveia disse...

Temos que nos unir e mudar a situação deste país!
A união faz a força!!!

parabéns pelo post...

Bjos

Postar um comentário