terça-feira, 19 de abril de 2011

Versos Mudos




Manhã fria
Saudade bate
E eu aqui nesta cama vazia

Mente perdida
Coração abalado
Tudo o que eu queria
Era apenas estar ao teu lado

Teu nome gravado no peito
Como no desenho que
Você me deixou

Te amo
Cansei de me negar
Lhe falo através destes
Versos mudos
O que a minha boca
Não consegue falar.

Como uma estaca
No peito que não quer sair
Estão as lembranças que guardo de nós
Teus lábios macios encostando-se aos meus
Que hoje me nego a esquecer

Terei simplesmente que me conter
Pois hoje você não me pertence mais
E o que posso lhe dizer
É que estes versos mudos
Foram feitos especialmente para você

1 comentários:

Marcelo disse...

humm ta inspirada heim!
está otimo! mil bjs linda!

Postar um comentário